Por ser situado no centro da face, o nariz é fundamental para a harmonia e beleza facial. Qualquer alteração da sua forma ou tamanho implica em grande mudança na estética da face. Por ter estrutura complexa, o nariz apresenta uma grande variação entre raças e indivíduos. A cirurgia é voltada para a correção das desproporções do nariz, tornando-o mais harmonioso com o restante da face e assim aprimorando a estética facial. A rinoplastia pode ser associada com cirurgias que visam a correção da função respiratória (ex: septoplastia, turbinectomia) em pacientes que respiram com dificuldade. Como cada paciente tem uma genética própria, não é possível escolher um nariz que se pretende ter (por ex igual de alguém), mas sim corrigir e aperfeiçoar o próprio nariz, ficando com o nariz que se é possível ter.

Indicação

Desproporção ou desarmonia entre nariz e face, e nariz inestético.

Tipo de anestesia

Local com sedação ou geral.

Tempo de internação

Geralmente 24 horas.

Pós-operatório

O tampão, quando necessário, é geralmente retirado em 24 horas. O paciente fica com um curativo de gesso ou acrílico por 7 dias e outro de fita adesiva por mais 7 dias. É comum ocorrer na face edema (inchaço) e equimose (roxidão), que geralmente regridem em até 21 dias. Um edema residual persiste por até 6 meses, sendo notado pelo paciente como um endurecimento da ponta nasal. Qualquer trauma no nariz deve ser evitado por 2 meses, pois como às vezes é feita fratura dos ossos nasais, um trauma pode levar ao deslocamento dos ossos. Deve-se evitar calor (sol, banhos e ambientes muito quentes, etc.), pois o calor leva ao aumento do edema (inchaço).

Complicações

São muito raras na rinoplastia, podendo ser citadas: sangramento pós-operatório, hematoma, infecção, obstrução nasal, irregularidades, assimetrias e problemas anestésicos.

Resultado Definitivo 

O resultado definitivo da Rinoplastia é alcançado entre 6 meses e 1 ano, porém já há grandes mudanças a partir de um mês.